OpenStack Cloud Softwares Open Source

A História os valores e a comunidade.

O OpenStack engloba um conjunto de softwares de código aberto que objetiva o gerenciamento de infraestruturas virtualizadas. Também conhecido como “Sistema Operacional de Nuvem”.

O OpenStack tem uma comunidade que conta com muitos parceiros de negócios tais como: SUSE, Rackspace, Red Hat, Canonical, IBM, VMWare, CISCO entre outros.

O OpenStack é usado por vários usuários ao redor do mundo, você pode conferir isso no link a seguir História de Usuários. https://www.openstack.org/user-stories/

Abaixo agora temo um desenho da arquitetura do que é OpenStack.


Imagem: O que é OpenStack site oficial

Mas como assim “Sistema Operacional da Nuvem?”

Os diversos softwares que compõe o OpenStack se integram por meio de uma arquitetura modular de forma a permitir uma expansão horizontal da camada de infraestrutura na nuvem.

Neste artigo vou descrever seus serviços de forma que fique fácil entender os principais recursos desta poderosa plataforma de software de nuvem que pode ser Privada ou Publica.
Na imagem a seguir você poderá analisar o fluxo do sistema operativo de nuvem OpenStack e o sistema de interligação de redes baseadas em APIs com o Network Neutron.

Como surgiu o OpenStack e qual seu papel com a comunidade?

Tudo começou entre 2008 e 2009 a NASA tinha seu projeto e a Rackspace tinha o seu. Bem, entretanto parece que alguma coisa ali não se encaixava de forma como eles gostariam.

De um lado a NASA tinha vários hypervisors e precisava de alguma forma obter mais agilidade para administra-los isso além dos recursos de infraestrutura que também precisava dar uma repaginada.

Do outro lado a Rackspace empresa de hosting precisava de uma maneira apresentar uma forma de armazenamento de objeto em suma um método alternativo ao do banco de dados relacional.

Essas duas empresas passaram a trabalhar juntas para prover uma solução que iria satisfazer a amadurecer seus ambientes de forma incomparável e certamente escalável.

Em julho de 2010 seria apresentado o maior Softwares Open Cloud já visto nascia o OpenStack.

Ele é capaz de construir nuvens gerenciados por softwares e hardware, com a capacidade de gerenciar os mais diversos hardware e driver de vários fabricantes.
Desta forma a plataforma pode ser instalado em praticamente “qualquer” device, claro que a exceções e limitações com dispositivos com um hardware de baixo desemprenho.

Já deu para perceber que o OpenStack entrega IaaS, PaaS e SaaS certo? Isso o torna um sistema operacional de nuvem ele pode ser Público ou Privado.


Para que essa Plataforma Cloud Software OpenStack tornasse realidade Rick Clark primeiro líder do projeto, já havia dito a todos a seguinte frase, esse software tem que ser escalável e ter um grande poder de elasticidade para seus usuários.

Qual o papel do OpenStack na Comunidade?

OpenStack o primeiro nome não é à toa Open em português Aberto Stack em português Monte, Pilha, grande quantidade, são com essas palavras que quero lhes dizer que o OpenStack é uma plataforma aberta e colaborativa, dentro dos requisitos necessários eu ou você podemos contribuir com o a Comunidade OpenStack para dar aprimoramento e escrever APIs para nossos hardware caso os tenham, isso por que ele é totalmente modular, vários fabricantes contribuem para que essa plataforma fique cada vez mais robusta e tenha alta disponibilidade e elasticidade.
Os apoiadores vão desde usuários a empresas e órgão do governo que queiram ajudar a comunidade, seja com tradução de do sistema para seu país ou para a política de usabilidade em seu país.

Eu faço parte da comunidade tenho meu registro no OpenStack.Org estudo sobre a plataforma e procuro aprender o máximo e passar o conhecimento a diante, estou bastante engajando com computação em nuvem o que ajuda e da implosão na carreira e com a comunidade como um todo.

A minha motivação.

Entendo que a computação em nuvem hoje é a maior revolução da tecnologia da informação juntamente com os pilares mais forte que são a Inteligência Artificial e os produtos atrelados ao IoT, não poderia deixar de fora a segurança em nuvens fundamental e se estende para os workloads locais.

Os anos vão se passando e as tecnologias vem se modernizando a passos largos, certamente os profissionais tendem a se atualizar em seu tempo ou em tempos onde a cadeia alimentar fala mais forte e eles ou eu somos obrigados a mudar muito rapidamente.

Venho da TI tradicional e me adaptei muito bem com as novas tecnologias o que significa sucesso, entretanto tem um fator que está dividindo a infraestrutura, nos dias de hoje ela está tão convergente que se mistura muito fácil com os códigos, isso mesmo com os códigos os mesmo usando por desenvolvedores nos dias de hoje toda a infra tradicional tais como: Roteadores, Redes, Load Balancers, usuários, vpns e firewalls podem ser criados com um só script já imaginou!!!

Isso me deu motivação para estar a um nível a mais se tornar um profissional de sistemas baseados em nuvem seja pública ou privada. Tenho acompanhando os grandes eventos aqui no Brasil sobre o assunto e vi o mundo de possibilidades sendo assim vou fazer um artigo abordando quase tudo sobre o OpenStack Software Cloud Software. O engajamento com cloud tem me ajudado muito a definir como e quando eu posso implantar um sistema de nuvem em uma empresa ou em grupos de startups.

A Computação em Nuvem.

Computação em nuvem nada mais é que infraestrutura definida por software, como consequência dessa nova e não tão nova assim tecnologia ela é sob demanda e geralmente quem as contrata a gerencia quando aplicável certamente e só vai pagar pelo que usar.

Você pode solicitar o que quiser ao contratar um serviço de nuvem existe uma nomenclatura para os serviços a serem servidos aqui vou listar alguns deles:

IaaS – Infrastucture as a Service / Infraestrutura como Serviço
PaaS – Plataform as a Service / Plataforma como serviço
SaaS – Software as a Service / Software como Serviço

Veja uma breve descrição

IaaS – Infraestrutura como serviço.

Serviços de Infraestrutura sob demanda, podem ser monitoramento, gerenciamento de servidores de um data center só que remoto. Nesse modelo de IaaS o cliente não tem servidores físicos e todos os recursos utilizados são cobrados por consumo.
Os servidores físicos é de responsabilidade dos fornecedores de nuvem.

PaaS – Plataforma como serviços

Procure imaginar tudo que você desenvolve localmente sites, aplicativos e intranets pois então PaaS é um ambiente de desenvolvimento e implantação só que na nuvem. Com esse recurso você já deixaria por exemplo prestar manutenção a plataforma que te serve no caso de um site você só se preocupa com o site, memória, discos e conexões de redes tudo é gerenciável pelo provedor de serviços.

SaaS – Software como serviços

Se trata das aplicações oferecidas na camada final da rede, em contato com o usuário final. Em geral são as aplicações web, administradas por terceiros e acessadas diretamente pelo cliente da aplicação diretamente pelo browser de um dispositivo conectado à rede.

Nesse modelo, todos, ou quase todos, os recursos acessados pelo usuário não estão sendo armazenados ou processados no terminal, e sim na nuvem. Essa metodologia facilita na manutenção, gerenciamento e suporte dos sistemas e aplicativos.

Saiba quais são os principais gigantes players de nuvem no Brasil

Amazon “Amazon Web Sites – AWS”
Microsoft “Microsoft Azure”
Google “Google Cloud Plataform GCP”
Open Cloud Telefônica / Vivo Open Cloud ” OpenStack Cloud Software”
| UOL DIVEO | UOL Host “OpenStack Cloud Software”

Você já sabe como é composta a Nuvem do OpenStack?

Uma vez que já falei sobre sua arquitetura agora sua composição os softwares que os acompanham de forma modular e expansiva.

Horizon
Keystone
Neutron
Nova
Cinder
Glance
Swift
Heat
ceilometer

Robustez e Maturidade

Ao passo que a plataforma é nova no seguimento de nuvem segue a largos passos com vários usuários e empresas de nomes importante que apoiam o projeto e contribuem com APIs para o funcionamento de recursos.

A comunidade OpenStack tem uma forma de levar o conhecimento da plataforma através de eventos ao redor do mundo.

Os OpenStack Summit é um deles, é neste evento onde são apresentados novas releases e recursos novos, e também tem os OpenStack Days que trazem também o mesmo conceito, nestes dois eventos tem um networking bem interessante e certamente o happy hour para descontrair eu vejo como uma sinergia OpenStack conecta componentes e pessoas.


Arquitetura do sistema OpenStack


Arquitetura dos Módulos OpenStack

A arquitetura modular empregada no sistema OpenStack permite uma expansão horizontal da camada de infraestrutura em nuvem. Basicamente, para cada aplicação, a implantação pode ser customizada a fim de se obter o resultado que melhor atenda as demandas de custo e capacidade.

Diagrama conceitual da arquitetura de uma aplicação genérica.

Aqui pode acompanhar a arquitetura real mínima do módulo de redes Neutron.


Módulos da Arquitetura de Rede Neutron Network

Para quem pretende implantar uma nuvem OpenStack há diversas formas de realizar esse processo.

Há algumas formas de implementar, para quem pretende ter acesso rápido ao OpenStack e assim ter o primeiro contato com a plataforma tem a instalação via PackStack temos aqui dois exemplos:

OpenStack Instalação PackStack site Oficial
https://wiki.openstack.org/wiki/Packstack

OpenStack Instalação PackStack site da RDO Project

https://www.rdoproject.org/install/packstack/

OpenStack pode ser implantado via Kolla-Ansible e Ansible entre outros.

Uma instalação via Kolla-Ansible

https://docs.openstack.org/kolla-ansible/latest/

Instação via Ansible

https://docs.openstack.org/project-deploy-guide/openstack-ansible/ocata/overview.html

Os Módulos do OpenStack

Que nós já sabemos que a plataforma é modular isso não é mais segredo, o que poucos sabem é que para cada projeto pode-se escolher a implantação de uma combinação de componentes. A sua escolha de componentes pode ter um impacto significativo sobre a concepção global do projeto.

Embora existam certos componentes que estão sempre presentes, como por exemplo o Compute (Nova) e o Serviço de Imagem (Glance), existem outros serviços que podem não precisam estar. Como um exemplo, um certo design pode não requerer o módulo Orchestration. Omitindo Orchestration não teria necessariamente um impacto significativo sobre a concepção global, entretanto, se a arquitetura utiliza um substituto para o OpenStack Object Storage para a sua componente de armazenamento, isso poderia ter impactos significativos sobre o resto do projeto.


Serviço de Identificação do OpenStack Keystone

Keystone é o serviço de identidade usado por OpenStack (authN) de autenticação e autorização de alto nível (authZ). Atualmente suporta authN tokens e autorização de usuário-serviço. Isso tem sido recentemente projetado para permitir a expansão para suporte a proxy para serviços externos e mecanismos de AuthN/AuthZ como oAuth, SAML e openID nas futuras versões.

E correto dizer que ele é o Front-end HTTP para a conexão de vários serviços internos. Uma que usa interfaces python WSGI assim os arquivos são configurados em conjunto.

Serviços Internos do Keystone

Assim como cada módulo tem seu papel certamente um serviço é designado a ele.

Identify – Identificação

Serviço que providencia e autentica usuários e grupos da nuvem.

Token – Identificação gerada pelo sistema

Este é o serviço que valida e administra tokens utilizados e gerados para autenticar solicitações, sempre que um usuário valida suas credenciais o token os válida. Ele tem um tempo de vida e pode expirar em alguns casos.

Recursos

O serviço de recursos fornece dados sobre ‎‎projetos‎‎ e ‎‎domínios‎‎.‎ os dados do Identity podem ser gerenciados diretamente ou puxados de outro back-end a exemplo disso o LDAP é uma dessas opções.

Catalogo

O serviço de catalogo oferta todos os endpoint da Nuvem OpenStack.
Com um comando interno pode-se consultar todos os endpoints.

Serviços

Já falamos aqui dos componentes do OpenStack agora fica mais fácil saber que todos eles são registrados no Keystone isso mesmo cada serviço do OpenStack tem um usuário e uma senha para ele se autenticar no keystone, são chamados de usuários de serviço, nova, cinder, neutro e todos os outros são registrados. Como não poderia ser diferente os usuários também são registrados no keystone.

Politicas

Como todo serviço de tecnologia deve ser aplicado políticas de acesso a autorização a um determinado serviço.

Dashboard Indentidade Visual Web do OpenStack

Administradores e usuários de OpenStack podem também ter seus acessos a partir da web, isso por que o OpenStack Cloud Software prove uma interface fácil e rica em seus aspectos.
É pelo Horizon que você pode criar vários recursos tais como: Redes, Roteadores, Instancias “Maquinas virtuais” firewalls e muito mais. Certamente tudo isso pode ser feito via linha de comando na console lá onde você instalou o sistema.

Todos os comandos feito pelo Horizon por trás de tudo é feito pela chamada de API’s onde há alguns serviços agregados que fazem o trabalho de comunicação de todos os componentes que eu falarei mais a frente.

Nova Serviço de computação do OpenStack

E através do NOVA Compute que criamos nossos recursos computacionais massivamente escaláveis e sob demanda. De uma forma bem simples vou detalhar as maravilhas do projeto NOVA.

Ele foi construído para ter seus recursos compartilhados baseados em fila de mensagens. Todos os componentes do NOVA podem ser executados de vários computadores A fim de evitar o bloqueio cada componente enquanto espera por uma resposta, usamos objetos diferidos, com um callback que é acionado quando for recebida uma resposta.

Swift Serviço de Armazenamento de Objeto do OpenStack

Swift é conhecido com Armazenamento de Objetos, ele foi desenvolvido para ser facilmente escalável e para ter alta disponibilidade. Com Swift é possível guardar e recuperar um grande volume de dados rapidamente com uma API simples, ele vai além pode-se guardar dados desestruturados e crescer sem problemas.

Ele também tem seus dados obedecendo uma hierarquia.

Conta: Essa é a principal representa o nível mais alto.

Contêiner: Tem a definição de namespace para os objetos e por sua vez uma conta pode ter infinitos containers associados em diferentes locais e regiões.

Objeto: Em geral armazena os dados, junto com seus meta dados caso seja necessário.

Cinder Serviço de Armazenamento de Bloco do OpenStack

O cinder é o serviço de armazenamento em bloco, ele é usado para o armazenamento persistente, em um armazenamento persistente quando adicionado um volume por exemplo ele pode ainda continuar existindo dependendo da configuração. Uma das funções que chama mais a atenção do cinder é pode ser montar volumes de armazenamento em massa e depois desmontar e remontar em outro device. Eu gosto de dizer que se parece muito com um pendrive você pode ter vários discos com back-ends diferentes o GlusterFS e o Docker é um deles.

Alguns dos serviços que compõe do cinder.

DB: Usado para armazenar dados

Cinder-api: E o que recebe as requisições HTTP

Cinder-scheduler: Envia as requisições para qual nó do bloco recebera as informações.

Cinder-backup: Administra a realização dos backups do bloco

Glance Serviço de Imagem do OpenStack

O glance é responsável pelo armazenamento das imagens que serão usadas para a criação de maquinas virtuais. Este projeto foi desenvolvido para ser tolerante a falhas e de fácil recuperação. Todas as imagens e metadados podem ser pesquisados, registrados e baixados. Certamente por uma API Restful.

O modelo foi construído sob as seguintes observações.

Tolerância a falhas
Alta disponibilidade
Recuperação de falhas
Arquitetura modular

Neutron Networking Serviço de Redes do OpenStack

O nêutron networking é um projeto que fornece NaaS “Network as a Service” rede como serviço, sendo assim ele pode entregar vários serviços relacionados a redes tais como vpn, roteadores, firewalls e load-balancers.
Todos esses recursos são geridos pelos “i.e vNICs” também contatam com outros serviços “i.e Nova”
Em uma nuvem OpenStack o Network Neutron só precisa de um nó computacional entanto ele pode estar dentro um único nó aquela instalação com PackStack por exemplo.
Ele é o responsável pela comunicação de toda a rede do OpenStack, e pelo fato de ser um software gerenciado por API, ele precisa de um sistema que faça o trabalho de “Middleware” assim ele se comunica com outros recursos, entre eles o NOVA.

Heat Serviço de Orquestração do OpenStack

Para quem ainda não conhece o Heat esse Orquestrador de nuvem pode parecer muito complicado e difícil de trabalhar no entretanto é bem ao contrário.
Você sabia?

O orquestrador Heat do OpenStack pode ser usando por Humanos ou Maquinas?
Certamente esse assunto iria render muito aqui, vamos seguir com o que é Heat mesmo.

Mas o que é Heat

Vamos lá. O principal programa para que você possa realizar uma orquestração em uma nuvem OpenStack é esse heat, pois bem um texto que recebe o tratamento é definido como código ou script e que pode ser enviado tanto pela console ou pelo Horizon que nada mais é que o dashboard do OpenStack, você pode subir todos os recursos computacionais veja alguns deles logo abaixo.

Instancias
Redes
Ips Flutuantes
Volumes
Grupos de Segurança
load-balancers
Vpns

Entre outras coisas. Em suma você pode criar recursos computacionais em minutos o que ajuda e muito na agilidade.
Quando os recursos são criados de forma tradicional você deve lembrar dos passos que foram feitos para apagar um volume, uma instancia, Redes e por ai vai, quando você faz tudo pelo Heat pode apagar ou recriar tudo de uma só vez.

Esse recurso é chamado de stack onde pode-se editar ou criar script personalizados para criarmos recursos de forma automatizada.
O Heat é compatível com os padrões do CloudFormation da AWS sendo assim tem a garantia de suportar aplicações entre o OpenStack e AWS.


Ceilometer Serviço de Telemetria

Ceilometer é a Telemetria do OpenStack é através deste que todos os dados são interpretados para o recolhimento de medidas de uso sob hardware.
O Ceilometer foi desenvolvido para crescer horizontalmente. Como foi mostrado até aqui os serviços de cada componente tem suas funções veja as do Ceilometer.

API: Ela é que faz a queries para utilizar dados coletados por um coletor.

Coletor: Responsável por coletar e armazenar dados de evento e medição, criados pela notificação e agentes de reconhecimento.

Agentes de Notificação: Ele além de mostrar as notificações na fila de mensagens as converte em eventos e amostras.

Agentes de Reconhecimento: Analisa os serviços para identificar e criar medições.

Neste pequeno contexto sobre o Ceilometer tem muita coisa apara abordar, mesmo escrevendo um pouco já fica faltando muitos assuntos relacionados a cada um deles descrito aqui.
Eu poderia apenas dizer que o Ceilometer é o serviço de coleta de dados Billing, de uma forma genérica é o “tarifador do hardware usado”.

Como posso obter o OpenStack?

Agora vem a parte legal deste artigo. Veja aqui como é fácil obter o maior OpenStack Software de cloud open Source do mundo.

Vale lembrar que o OpenStack é ofertado de duas maneiras Pública e Privado.

OpenStack Provedores Públicos Brasileiros.

Há provedores que oferece os serviços através de planos ou assinaturas onde você escolhe o que melhor se adapta as suas necessidades. Com este processo você terá um gerente de contas e um contrato de suporte “Deve-se analisar se contempla o suporte técnico” para alguns casos o suporte é de terceiros tudo depende muito da forma do contrato de cada país.

Como eu faço para encontrar um provedor de nuvem pública?

R. Simples acesse o site oficial do OpenStack.org o link você encontra logo baixo.

Acesse este link e confira:

https://www.openstack.org/marketplace/public-clouds

Em São Paulo a dois provedores Teleônica/Vivo e UOLDIVEO.

Telefônica Vivo Open Cloud  OpenStack

https://assine.vivo.com.br/empresas/pequenas-e-medias/cloud/open-cloud

https://assine.vivo.com.br/empresas/pequenas-e-medias/cloud/cloud-server

https://www.cloud.telefonica.com/pt/open-telefonica-cloud-landing-page/

https://account.vivocloudopen.com.br/pricecalculator/?_ga=2.241296907.842876441.1495548658-758231566.1488908888#/home

UOLDIVEO – UOLHost OpenStack

https://uolhost.uol.com.br/openstack

https://uolhost.uol.com.br/academia/downloads/e-books/cloud-computing-como-trazer-sua-empresa-para-a-nuvem.html

Esses dois provedores de nuvem pública podem ajudar na aquisição de uma nuvem OpenStack neste método você não gerencia o servidor do OpenStack certamente que o fará é o provedor sendo assim você terá todo o tempo para se preocupar com suas aplicações e seu negócio como um todo. Mas pode acontecer que precise de um especialista para adquirir o melhor modelo de negócio com a nuvem OpenStack.

OpenStack Cloud Software Private

Você que pretende estudar ou mesmo implantar o sistema de Open Cloud OpenStack poderá acessar o site oficial e realizar os procedimentos para provisionar tanto para seu estudo ou mesmo implementar em um ambiente empresarial.

O site do OpenStack.org tem todas as informações para aquisição do mesmo, e ainda escolher como irá ser implantado, mas tudo depende muito do projeto que você estará envolvido, também é importante entender a real necessidade para cada situação.

Neste exemplo quero lhes apresentar uma instalação que pode ser bem-sucedida para um ambiente de teste e homologação. Vale ressaltar que o investimento pode ser vantajoso quando bem planejado, eu as vezes fico até redundante falando em planejamento, eu já muitos ficarem em sérios apuros por não planejarem pela compra de servidores ou até mesmo na hora de contratar serviços.

  1. Ambiente de estudos com o OpenStack.

Você precisará de um desktop ou servidor para um desemprenho razoável para um único nó computacional.

Sistema operacional Linux a sua escolha.
Processadores que tenham a tecnologia de virtualização e núcleos.
Memórias alocadas com 16GB é satisfatório ou mais.
Discos físicos com capacidade de 500 ou 1TB é satisfatório
Placas de redes em gigabits pelo menos 2 ou 3
Links de operadora redundante

Neste caso uma instalação PackStack pode ajudar, recomendado para Homologação, Estudos e Debug.
Dica: Você sabia que há servidores de torre bem parecido com um desktop?

  1. Ambiente minimalista com OpenStack Ambiente de Desenvolvimento POC* ou MVP**

Você precisará de 4 Servidores com ótimo desempenho para que os trabalhos sejam executados com velocidade e performance.

Sistema operacional Linux a sua escolha.
Processadores que tenham a tecnologia de virtualização e núcleos.

1. Nó Controller 16GB RAM, 1TB Disco, Placas de Rede 1000GB
2. Nó Neutron 8GB RAM, 500GB, Placas de Rede 1000GB
3. Nó Compute 12GB RAM, RAID Espelho 5TB ou superior
4. Nó Storage 12GB RAM, RAID Espelho 10TB ou superior

Links de operadora redundante para manter o ambiente sempre com conexão externa.

Nota:
Aqui é apenas um exemplo sempre valide com a empresa ou analise muito bem o que deve ser contemplado antes de iniciar um projeto. *POC resumindo é um lab dentro do cliente. **MVP Minimum Viable Product Minimo Produto Viavel.

  1. Ambiente empresarial com OpenStack consumo próprio.

Aqui já iremos falar de algo mais robusto e arquitetado os relatos aqui são apenas um exemplo qualquer semelhança entre um ambiente real e mera coincidência. Este artigo não aborda arquitetura para um provedor de nuvem pública.
As informações contidas aqui podem variar de acordo com o modelo de negócio de sua organização.

Processadores com alta capacidade de Processamento e Núcleos que atendam às necessidades.
Você precisará de servidores redundantes para evitar paradas inesperadas para qualquer nó computacional.

1. Nó Controller deve estar em HA vide a demanda do projeto. 3 Nós para Controller com 12GB de RAM, Discos de 1TB SSD ou SATA, Placas de Rede 1000GB
2. Nó Neutron 8GB RAM, 500GB SSD ou SATA, Placas de Rede 1000GB. 2 Nós para o Neutron, se atendar com as placas de redes e todo o processo de comunicação.
3. Compute 12GB de RAM, Discos SSD e SATA 5TB ou superior, Placa de Rede 1000GB, Capacidade de Nó e discos devem ser avaliadas sob demanda dos projetos.
4. Nó Storage 12GB RAN, Discos SSD e SATA 5TB ou superior, Placas de Redes 1000GB a capacidade de Nó e discos devem ser avaliadas sob demanda dos projetos.

Instalando OpenStack com PackStack Primeiros Passos.

Eu preparei um vídeo onde você pode instalar o OpenStack usando um arquivo de resposta semiautomática conhecido como PackStack.

Este tipo de instalação é geralmente usado para criação de laboratórios de estudos e debug.
Diga-se de passagem, é a forma mais rápida de se obter a instalação do OpenStack em qualquer dispositivo que atenda aos requisitos.
Acompanhe neste link abaixo a instalação do OpeStack via PackStack.

OpenStack Conectando Pessoas

Todos os anos a Comunidade OpenStack promove eventos para falar de seus novas release e recursos e reuni pessoas dos vais variados seguimentos da tecnologia.

Os eventos são divididos em duas categorias, OpenStack Summint e OpenStack Days aqui no Brasil o OpenStack Days São Paulo vem crescendo cada ano ele segue o modelo de apresentação em teatro e tem agradado muitos até o presente momento.
Eu tenho participado desde 2016 até a data da publicação deste artigo 2018 e cada vez que vou ao evento aprendo coisas novas e faço um grande networking durante o evento e na hora do happy hour.

Para um evento desse porte tem a equipe da comunidade brasileira de OpenStack que se dedica ao máximo para que tudo saia perfeito, e assim tudo é preparado com muito carinho que eu e você possa aproveitar ao máximo o evento.

O OpenStack Days São Paulo conta com os parceiros e apoiadores que sempre marcam presença nos eventos.
Ao longo do evento alguns brindes são ofertados aos participantes e outros são sorteados por eles.
Os organizadores do evento OpenStack Days SP também realizam sorteios e ofertam brindes não poderia deixar de mencionar a camiseta os participantes que forem ao evento pode retirar sua camiseta com o seu número previamente preenchido no ato da inscrição.

Recentemente fui convidado pelos organizadores do evento OpenStack Days São Paulo 2018, foi um momento muito importante pois estudo OpenStack e quero levar agora esses estudos e o nome do OpenStack por onde que eu vá. Veja nessas fotos um pouco do que foi o evento.

Quer ver as fotos e os eventos entre no site do OpenStack Brazilian Official Community


OpenStack Days São Paulo

2016

2017


2018


Rodrigo Soares: Analista Cloud

%d blogueiros gostam disto: